6 comentários:
De Fatyly a 15 de Agosto de 2008 às 10:42
Ai passa...passa, mas enquanto não passa, há que saber gerir as emoções num passa-passa devagarinho que nunca mais passa:)

Força fiota e um beijo às minhas netas adoptivas:)
De Cris a 15 de Agosto de 2008 às 18:27
Obrigada, Mãexona.

Sábias as palavras da Odele:
"Ter, do que, ter saudade!"

Mil e um beijos da tua fiota,
Cris

Comentar post