Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008

...não precisar dizer mais nada!

 

I may not always love you
But long as there are stars above you
You never need to doubt it
I'll make you so sure about it

God only knows what I'd be without you

If you should ever leave me
Though life would still go on believe me
The world could show nothing to me
So what good would living do me

God only knows what I'd be without you

God only knows what I'd be without you

If you should ever leave me
Well life would still go on believe me
The world could show nothing to me
So what good would living do me

God only knows what I'd be without you
God only knows what I'd be without you
God only knows

 

  Fotografia de ©Ana Rita Pinto/2008

 

 

 

 

 

publicado por Cris às 00:48
| comentar | favorito
9 comentários:
De Chris a 22 de Outubro de 2008 às 18:15
Gostei muito deste espaço, das palavras, das imagens e da musica.
Vou voltar
Beijinhos
De Carla a 10 de Setembro de 2008 às 13:31
Apenas um pedido...regressa com as tuas palavras...imaginas a falta que fazem?
beijos
De António a 8 de Setembro de 2008 às 14:08
Olá, minha querida!
Queres dar um saltinho ao meu blog
http://eusoulouco2.blogs.sapo.pt?
Obrigado!

Beijinhos
De Nuno de Sousa a 3 de Setembro de 2008 às 23:32
Olá minha amiga Cristina, pois é sinto este espaço vazio, é preciso fazer algo e o tornar novamente vivo, precisas aqui voltar e escrever de fazer o que tão bem sabes... escrever, acho q todos nós precisamos de ler o que aqui escreves, volta amiga, temos saudades tuas.
Espero por ti :-)
Bjocas grandes e os amigos nunca se esquecem.
Nuno
De batista a 3 de Setembro de 2008 às 00:52
Um abraço fraterno e saudoso. Que a manhã (re)surja pra ti, mais bela que nunca.
De isabela a 31 de Agosto de 2008 às 15:26
Adorei a foto da mão!linda!
De Odele Souza a 28 de Agosto de 2008 às 05:01
Ainda me perco um pouco para comentar aqui. Será que este comentário refere-se ao primeiro post? Se for, quero te dizer que não há luar hoje, mas amanhã certamente haverá. Mesmo triste, é muito bonito teu poema.

Um beijo.
De Ressaca a 25 de Agosto de 2008 às 20:09
Pedindo antecipadas desculpas pela “invasão” e alguma usurpação de espaço, gostaríamos de deixar o convite para uma visita a este Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...
De Fatyly a 20 de Agosto de 2008 às 19:52
Muitos e muitos beijos:)

Comentar post



pesquisar

 

Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Encantos Recentes

JUSTIÇA PARA FLÁVIA!

Não há luar!

...não precisar dizer mai...

Brasileirinha dji car...

desejo

Adoro ver-te voar...

Um gesto...Um Bolso...e.....

E vai chegar o Setembro, ...

Minho

Encantos Guardados

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Agosto 2007

Fevereiro 2007

Outros Encantos



A-manh-ser
adesenhar

Branco e Preto II

(A) Clareira
Codornizes
Cubata Simples e Verdadeira

Da Condição Humana

Estrada de Santiago
Estúdio Raposa-Luís Gaspar

Flávia, Menina-Encanto, Uma Flor!
Fugas e Devaneios

Heloísa

Humores

(O) Jardim e a Casa

Jogos de palavras

Madrugadas de Volúpia
Mar de Sonhos
Menina Marota
Marulhos
Mil e Uma Horas

Noite.de.Mel
Nuno Photo's Space
Nuno de Sousa-Fotógrafo Amador

OFicina de Palavras
Outros Olhares

Páginas da Nossa Vida
Paixão e Poesia
Palavras da {{coral}}
Palavras em Desalinho
Partilhas
Peciscas
Pedra Filosofal
Plan(o)Alto
Poemas de Amor e Dor
Poesia Portuguesa
Pó de Estrelas ou (o Meu Sol de Inverno)
(A) Psique mudou de ideias

Revelações...Avulsas

Secreta
sem censuras
Sidadania
Sinestesia Crepuscular

Traços e Letras
Truca-Luis Gaspar

Vida de Casado

Webclub
Words

A INJUSTIÇA de uma JUSTIÇA lenta. E o PERIGO DOS RALOS DE PISCINAS. Clique na foto, conheça e divulgue a história de Flavia. Obrigada!


Blogagem Colectiva para Flávia em 9/Set/2008


Encanto-me a ver

blogs SAPO
RSS